O Pastor

O Pastor João Henrique de Freitas converteu- se a Cristo em 1980, na Igreja Universal do Reino de Deus, nela permanecendo até 1984.

Ao longo do período em que lá atuou como pastor, participou do programa televisivo O Despertar da Fé, as 08:30 h na rede Bandeirantes a na rede Mulher de Rádio, quando chegou a integrar a cúpula dessa denominação que na época estava iniciando seu projeto de ascensão.

Em 1985, por conta de divergências teológicas e doutrinárias, e nesse sentido, dos rumos que essa igreja estava tomando, pediu seu desligamento, quando inclusive, decidiu abandonar seu ofício como pastor, motivado pela percepção da imensa responsabilidade que é guiar o povo a Cristo e o faze-lo com correção e dentro da verdade.

Na sequência de seu rompimento com a IURD, realiza campanhas ao convite do Missionário R.R. Soares até 1985 e quando então, é procurado por um grupo de irmãos que desejam por ele serem pastoreados, e para tanto dá início a Igreja Missionária do Evangelho Pleno, que viria a torna- se igreja sede de seu ministério.

Nesse período ainda desenvolve trabalhos missionários e de evangelismo independente, sendo então convidado pelo falecido Missionário Manoel de Mello – que é quem inclusive celebra seu casamento com a I. Sônia Freitas – para realizar campanhas com foco em cura divina e evangelismo com o cantor Adilson Lopes.



Em 1987, já dedicando- se exclusivamente a IMEP*, conhece a mensagem de William Marrion Branham através do Pastor Wilmar Diniz, aceitando-a e crendo no profeta dessa era. Nesse mesmo ano começa a pregar-la e em um de seus primeiros eventos de evangelismo em sua nova fé, numa campanha de cura divina agendada para realizar- se no Parque Ecológico do Tiête, tem um de seus folhetos de divulgação questionados pelo gabinete do então prefeito Jânio Quadros e pelo jornalista Heródoto Barbero, que coordenando um programa jornalístico na extinta Rádio Excelsior encaminha para o local do culto uma equipe jornalística com o intuito de documentar o que eles suspeitavam ser um caso clássico de charlatanismo, denúncia essa que mostrou-se infundada inclusive por que não haveria apelo financeiro aos visitantes.

Em 1988 participa pela primeira vez do Encontro Nacional de Pastores, do companheirismo capitaneado pelo Pastor Joaquim Gonçalves Silva. Em 1992 assume a congregação de irmãos da cidade São Roque, pela qual permanece responsável até hoje. Inicia em 1999 um trabalho de evangelismo na cidade de Guarulhos, que até então não tinha nenhuma igreja da Mensagem, trabalho esse que perdura até hoje, e que redundou na igreja pela qual é responsável e que compõem seu ministério. Inicia em 2004 trabalho evangelístico em Guaianases, SP, visando desenvolver ali mais uma congregação, que se viabiliza alguns meses depois e que é transferida para a responsabilidade de seu Co- Pastor, Marcelo Nery.

Para falar direto com o pastor envie um e-mail para: pastorjoao.h@hotmail.com